© CMS, grupo coral feminino "As Ceifeiras de Pias"

O CANTE

PATRIMÓNIO DA HUMANIDADE

O Cante Alentejano é hoje património da Humanidade e tem no concelho de Serpa uma forte expressão, com 14 grupos corais que lhe dão voz. 


Ouvir o Cante é uma experiência única e intensa que não se esquece. Quem chega a Serpa pode vivê-la, participando num dos ensaios semanais dos diferentes grupos ou num dos eventos da autarquia, onde o Cante tem sempre um lugar de destaque. 

Polifonia que dispensa qualquer acompanhamento por instrumentos, os cantares em compasso lento, e quase sempre melancólico, são a

 

expressão dum povo que canta a sua história, os seus modos de vida e tradições

Até há umas décadas atrás o Cante era sinónimo de convívio, sobretudo dos homens, nas tabernas, sociedades ou cafés, locais onde era cantado, de forma espontânea, à volta duma conversa ou dum petisco. Em casa era cantado sobretudo pelas mulheres, mas, no campo, todos uniam as suas vozes, juntando forças para vencer as fadigas desses trabalhos. A tradição foi passando entre os camponeses e mineiros, de pais para filhos, e está hoje de excelente saúde.

© João Monge Ferreira, Taberna do Grupo Coral e Etnográfico "Os Camponeses de Pias"

A sua classificação como Património Cultural Imaterial da Humanidade, atribuída pela UNESCO em 27 de novembro de 2014 na cidade de Paris, veio dar força, rejuvenescimento e motivação aos protagonistas do Cante e reafirmá-lo como um dos vetores principais da identidade da região.

AS ORIGENS E PARTICULARIDADES

Quanto às origens, não existe consenso. Há quem o identifique com cantes árabes sefarditas, levados para Marrocos pelos judeus expulsos da Península Ibérica no séc. XVI, ou o associe a um canto bizantino, filiado nas liturgias ortodoxas. Para outros, a ligação a cânticos religiosos e mais recente e próxima, nascido eventualmente nas escolas claustrais da Sé de Évora. 
 

Como em qualquer manifestação cultural bem viva, também o Cante se foi atualizando, tendo variantes mais rápidas e até acompanhadas por instrumentos, como o acordeão e a "viola campaniça”. 
 

No reportório, são igualmente diversas as influências. Se pensarmos na história de cada grupo coral e na de cada cantador, bem como nas funções que o cante foi assumindo ao longo dos tempos, percebe-se a sua imensa riqueza cultural. Este é o trabalho de registo e inventário que a Casa do Cante, projeto sediado em Serpa, está a fazer para a salvaguarda do Cante Alentejano e do Património Cultural Imaterial do Sul. 

A Casa do Cante em Serpa foi a entidade gestora da candidatura (clique aqui para visitar o site da Casa do Cante)

© CMS, selo do Cante Alentejano UNESCO

1/2

(Clique sobre as fotos para visualizar os créditos)

OS GRUPOS CORAIS

DO CONCELHO DE SERPA

QUEM CHEGA PARA APRECIAR O CANTE

O Cante tem uma estrutura musical que é fácil de reconhecer e acompanhar, e quem chega a Serpa pode comprová-lo assistindo a um ensaio dum grupo coral. Vozes masculinas ou femininas que arrepiam.


Ouvirá duas vozes solistas (ponto e alto) que alternam com um coro. As estrofes repetem-se num ciclo o número de vezes que os cantores desejarem. 


Visite a Casa do Cante, consulte aqui a informação sobre os próximos ensaios abertos ao público e prepare-se para uma experiência intensa e autêntica.

CASA DO CANTE

 

Rua dos Cavalos, 12, 7830-341 Serpa 

Tel. 284 544 720

Email: geral.casadocante@gmail.com

www.casadocante.pt


www.facebook.com/CasaDoCanteSerpaPt

 

GRUPO CORAL DA ACADEMIA DE SERPA

Academia Sénior

Rua D. Manuel de Moura, 7830-458 Serpa
Tel.  284 544 597 / 969 415 729 
Email: academiasenior@cm-serpa.pt
Facebook: Grupo Coral da Academia Sénior

GRUPO CORAL "OS CEIFEIROS DE SERPA"


Rua da Fonte Santa, nº 12,

Apartado 106, 7830-471 Serpa
Tel. 965 275 484 
Facebook: Grupo Coral Os Ceifeiros de Serpa

GRUPO CORAL E ETNOGRÁFICO DA CASA DO POVO DE BRINCHES 

Casa do Povo de Brinches

Rua da Cruz, 20, 7830-122 Brinches
Tel. 961 277 815
Facebook: Grupo Coral e Etnográfico da Casa do Povo de Brinches

GRUPO CORAL FEMININO "AS PAPOILAS DO ENXOÉ"

Rua do Mercado S/N,

7830-518 Vale de Vargo
Tel. 962 943 226 
Email: jfvaledevargo@gmail.com

GRUPO CORAL FEMININO "FLORES DO CHANÇA"

Sociedade Recreativa 1.º de Dezembro,

Largo Amílcar Pinto, n.º 10, 7830-622 Vila Verde de Ficalho
Tel. 969 215 653  
Email: juntadeficalho@mail.telepac.pt
Facebook: Grupo Coral Flores do Chança

GRUPO CORAL JUVENIL DE VILA NOVA DE SÃO BENTO

EB 2/3, Largo do Rossio Grande, 22

7830-055 Vila Nova de S. Bento
Tel. 969 415 729
Email: pedromestre@gmail.com

RANCHO CORAL "OS CAMPONESES" DE VALE DE VARGO

Junta de Freguesia de Vale de Vargo
Rua M.F.A. 17, 7830 Vale de Vargo
Tel. 966 213 807 
Email: ranchocoralvaledevargo@gmail.com
Facebook: Rancho Coral de Vale de Vargo

GRUPO CORAL "OS ARRAIANOS" DE VILA VERDE DE FICALHO 

Largo Amílcar Pinto, n.º 10, 7830 Vila Verde de Ficalho
Tel. 963 258 205
Facebook:
Grupo Coral "Os Arraianos" de Vila Verde de Ficalho

GRUPO CORAL E ETNOGRÁFICO "OS CAMPONESES DE PIAS"

Rua Luís de Camões , n.º 3 - 7830 Pias
Tel. 961 618 083/ 927 760 268
Email: camponesesdepias@hotmail.com
Facebook: Camponeses de Pias Grupo Coral

GRUPO CORAL E ETNOGRÁFICO DA CASA DO POVO DE SERPA

Rua da Fonte Santa, nº 20, 7830 - 417 Serpa
Tel. 969 516 698 / 969 197 175 
Email: coralcasapovoserpa@gmail.com
Facebook: Grupo Coral e Etnográfico da Casa do Povo de Serpa

GRUPO CORAL FEMININO "MADRIGAL"

Rua da Branca, n.º 48

7830-064 Vila Nova de S. Bento
Tel. 964 428 108  
Email: grupo.coral.madrigal@gmail.com

GRUPO CORAL FEMININO "AS CEIFEIRAS DE PIAS" 

Rua Luís de Camões, 33

7830-260 Pias, SRP
Tel. 966 467 764 
Email: asceifeirasdepias@hotmail.com
Facebook: As Ceifeiras de Pias

RANCHO DE CANTADORES DE ALDEIA NOVA DE S. BENTO

Rua do Sobral 22, 7830 Vila Nova de S. Bento
Tel. 961 528 663
Email: ajbsilva@gmail.com
Facebook: Rancho de Cantadores

RANCHO CORAL E ETNOGRÁFICO DE VILA NOVA DE SÃO BENTO

Junta de Freguesia de Vila Nova de S. Bento,

7830-059 Vila Nova de S. Bento
Tel. 965 340 266
Email: etnograficovnsb@hotmail.com
Facebook: Rancho Coral Etnográfico de Vila Nova S. Bento

logo_município-01.png

Copyright © 2019, C. M. Serpa - todos os direitos reservados.   Design Cores ao Cubo

Idealização, textos e fotografias (salvo exceções indicadas), e coordenação