© CMS

GALERIA MUNICIPAL

DE ARTE CONTEMPORÂNEA

A Galeria Municipal de Arte Contemporânea (GMAC) apresenta uma coleção de obras de arte contemporânea de pintura, serigrafia, litografia, escultura, fotografia e de outras áreas artísticas, e é propriedade do Município de Serpa.

1/4

Estão representados artistas consagrados nacionais e estrangeiros, destacando-se os artistas naturais do concelho como Francisco Relógio (1926-1997), de Vila Verde de Ficalho, e Manuel Bentes (1885-1961), de Serpa.

Um dos eixos estratégicos do Plano Municipal designado "Serpa Museu Aberto" é o da "criatividade contemporânea", que visa criar uma rede de espaços ligados às artes plásticas, a promoção de aprendizagens culturais multidisciplinares e o desenvolvimento de iniciativas de animação cultural e de educação pelas artes. Nesse sentido, em 2019, foi criada a GMAC, consagrada à exposição permanente de artistas plásticos portugueses e estrangeiros. Devido à dimensão e características da coleção de obras que a Câmara adquiriu ao longo das últimas décadas, a exposição estende-se ao edifício dos Paços do Concelho. Parte da coleção de escultura está espalhada pela cidade e apresenta algumas das peças vencedoras do Prémio Ibérico de Escultura, promovido pela autarquia.

Prevê-se que a GMAC seja o centro de uma rede municipal de arte contemporânea que abrangerá o território concelhio, envolvendo espaços e obras de arte do Município das Juntas de Freguesia, de coletividades e privados.

(Clique sobre as fotos para visualizar os créditos)

MORADA

Rua Pedro Anes, 12

7830-428 Serpa

HORÁRIO

De terça-feira a domingo
das 10.00h às 12.30h e das 14.00h às 17.30h

 

TELEFONE

284 540 195

EMAIL

culturapatrimonio@cm-serpa.pt

 

DATA DA INAUGURAÇÃO
15 Junho 2019

foto-6-7-2-e.png