© Nicola Di Nunzio

SERPA MUSEU ABERTO

É UMA IDEOLOGIA DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

inspirada na nova museologia que assenta no Território como produto a potenciar, identificando e sinalizando os seus Pontos Notáveis. Estes funcionam como polos de dinâmicas sociais, culturais, turísticas e económicas, entre eles e com o espaço envolvente, seja ele concelhio, regional, nacional e transfronteiriço.

O conceito Serpa Museu Aberto encerra os seguintes significados:

Quando enunciamos Serpa, queremos fazer corresponder o nome ao Território concelhio, à paisagem cultural/rural e à construção social enquanto verdadeiros recursos endógenos do seu Património, portanto Pontos Notáveis únicos, identitários mas plurais e complexos na sua diversidade e ligações.

No Museu, que é portanto o território, somos convidados a visitar e a (re)conhecer os seus pontos notáveis enquanto objetos vivos e a experienciar quer individualmente, quer em conjuntos temáticos, desenhando rotas pelo espaço concelhio.

Ao dizer (Museu) Aberto pretendemos desconstruir a ideia de espaço museológico encerrado, a imagem de caixa, queremos que todo este território, este espaço geográfico, convide à visitação, permitindo o desfrute total e a convivência entre visitantes, paisagem, pessoas e cultura local.

logo_município-01.png

Copyright © 2019, C. M. Serpa - todos os direitos reservados.   Design Cores ao Cubo

Idealização, textos e fotografias (salvo exceções indicadas), e coordenação